Indicação do blog

sexta-feira, 31 de julho de 2015

Projeto para casa em Cambé

Residência de 200 metros quadrados para jovem casal, localizada em um terreno de esquina na cidade de Cambé. 


Na fachada a presença de grandes aberturas em vidro valorizam a tranparência e contrapõem com os demais volumes da casa, criando um volume moderno e de linhas leves. 
Em breve mais fotos. 

Podemos fazer o seu projeto também, mande um e-mail para arquiteturavp@gmail.com

Entrevista no programa Casa Ideal

Hoje posto o trecho do programa Casa Ideal em que participei, apresentado por Sharmila Costa e transmitido pela Tv Paraná.
Foi uma honra poder falar um pouquinho sobre o papel da arquitetura na minha vida e o que ela pode modificar em nossa forma de habitar.
Mais uma vez agradeço a oportunidade oferecida pela Conceitual soluções em Acabamentos de Arapongas.


terça-feira, 21 de julho de 2015

A casa, arquitetura que tem alma.

Olhou para o relógio pendurado na parede amarela da cozinha, confirmou exatas cinco horas da manhã. Se não sair agora corre o risco de perder o voo. Sabe que volta em dez dias, e mesmo assim aproveita ao máximo os últimos minutos em casa. Aquela sensação de refúgio, de quem se encontra no seu próprio lar. Quantas vezes uma cozinha presenciou situação similar? Quando uma pessoa precisa ir, mas tenta a todo custo alongar a permanência. O que conecta o sentimento de lar à arquitetura? Aqui encontramos uma relação tão íntima entre emoção, memória e arquitetura, que muitas vezes de tão silenciosa, é deixada de lado.
Estamos habituados a ver uma casa em construção, dia após dia tomando forma. Muitos já acompanharam o processo de perto, ou de longe. Quando o terreno é preparado, a estrutura vai ficando pronta e logo a forma aparece, aos poucos, a casa vai ganhando vida. E depois de pronta? Uma casa com grandes aberturas envidraçadas, linhas contemporâneas e os mais atuais revestimentos e efeitos de luz, pode ter o suficiente para que a considerem bela. Mas e alma? A arquitetura só é inteira quando se doa por completo para o seu ocupante, quando sente o que o outro sente.


A arquitetura se doa quando abre janelas para o sol da manhã e o convida a entrar, se doa quando impede a entrada de vendavais, ela se dá quando une os habitantes através de espaços de interação, ela se dá quando a circulação possui espaço suficiente para que alguém possa correr, sem esbarrar no canto de algum móvel. A casa se torna guardiã e cúmplice quando testemunha ritos e celebrações. O homem empresta vida para a casa, com suas vozes, gritos, choros e risadas e de tanto que recebe, ela se dá de volta.
Quanto de vida contém ali? Um tênis esquecido na sala, uma revista que foi folheada e descansa sobre a mesa lateral do sofá, o cheiro quente do bolo de fubá no forno, um quadro que não está simétrico porque alguém esbarrou ao passar correndo, uma xícara suja de café repousando sobre a bancada da cozinha. São os detalhes que indicam humanidade. Aquele quadro que você trouxe quando conheceu Estocolmo. A cor que você aplicou na parede da cozinha porque te lembra da infância na casa da avó. As imensas janelas que você exigiu na sala, e te acalmam quando mostram o jardim lá fora. O gradil que te protege. A iluminação, que de tão bem programada favorece a leitura noturna. O sol que entra pela janela da cozinha. A “cara” que essa casa tem de sua, e que te faz lembrar quem você é quando volta depois de uma viagem de dez dias. A arquitetura muda delicadamente a vida do homem quando o lembra de quem ele é.



É função da arquitetura abraçar e proteger o homem, e proteção vai além de dar abrigo. A arquitetura personaliza a volumetria, a decoração, a forma de habitar. A casa adota a história, o contexto e a personalidade.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Série Cinema + Arquitetura

Sexta-feira com frio pede um bom filme. Hoje vamos inaugurar uma série de postagens sobre arquitetura e decoração que vimos na tela do cinema.
Se você gosta de Bonequinha de luxo, vai reconhecer o apartamento da foto.


Com cores neutras e peças marcantes, o apartamento da Holly possui muita personalidade. O sofá, talvez o mais marcante do ambiente, é feito com uma banheira cortada e algumas almofadas, a mesa de centro com caixas de madeira reaproveitadas, malas são utilizadas como objetos de decoração e o piso em cimento queimado deixam o ambiente muito mais estiloso. O que acharam?


terça-feira, 14 de julho de 2015

O que um projeto de arquitetura precisa levar em consideração para minimizar os sintomas da alergia?

O inverno chegou e junto dele todos aqueles sintomas chatos de quem convive com a tal da alergia respiratória: nariz e garganta coçando, corrimento nasal, tosse seca e olhos lacrimejando são apenas alguns. Grande parte da responsabilidade para o bem-estar dentro de casa é do arquiteto, que possui mecanismos para desenvolver ambientes saudáveis. Se você planeja construir ou reformar, temos três dicas valiosas:

1.   Insolação e ventilação
Ambientes de convivência e permanência precisam de exposição ao sol. Os raios do sol são responsáveis por matar fungos e ácaros, já que eles gostam de lugares úmidos e escuros para se esconder. O mesmo podemos dizer sobre aberturas adequadas para ventilação, que devem possibilitar a ventilação cruzada (o ar entra por uma abertura e sai pela outra) renovando o ar do ambiente.

2.   Pisos
Optar por peças lisas e com junta seca é a melhor opção, já que facilita a limpeza e evita acumulo de pó nas ranhuras do desenho e na dilatação dos rejuntes. Junta seca com rejunte em resina evita que o rejunte descole depois de algum tempo, abrindo frestas entre as peças de cerâmica. Procure peças lisas e fáceis de limpar.

3.   Revestimentos
Na hora de pintar, procure as tintas acrílicas laváveis, elas diminuem o acúmulo de pó e não sofrem desgastes com o processo de limpeza.  As tintas também devem ser antimofo ou antibacteriana. Texturas em baixo e alto relevo são consideradas vilãs quando o assunto é acumulo de pó, o acabamento liso nas paredes internas ainda é a melhor opção.



Além do processo de construção é preciso tomar cuidado com a mobília. Peças de decoração, tapetes e cortinas costumam facilitar o acúmulo de pó. Escolha opções antialérgicas e sempre que possível retire as peças para limpeza. É papel da arquitetura criar residências salubres, converse com um profissional.

Nosso e-mail para contato: arquiteturavp@gmail.com

sexta-feira, 10 de julho de 2015

Dicas de arquitetura para quem vai construir

Boa tarde! Estou criando um grupo de dicas e discussões sobre construções e arquitetura.
Tem interesse?  Clique aqui e em participar do grupo.


terça-feira, 7 de julho de 2015

Revestimentos decorativos

Em uma construção (seja residencial ou comercial), é comum gastar muito tempo na busca de produtos e acabamentos diferenciados. Frequentemente os proprietários procuram peças que ampliem a harmonia e estética dos ambientes. Mas a tarefa pode se tornar um pouco complexa e trabalhosa, pensando em facilitar sua busca selecionei opções de revestimentos decorativos que podem valorizar o seu imóvel. 


Pastilha de vidro

As pastilhas de vidro fazem sucesso devido à diversidade de cores, profundidade e brilho do material. Na imagem mostramos uma opção de pastilha porto design, a placa composta por várias peças menores forma um mosaico colorido que pode destacar um ambiente ou parede. Você encontra pastilhas de vidro a partir de R$ 40,00/placa.



Mosaicos de aço

Tendência no mercado da construção, os mosaicos de aço compõem bem em qualquer ambiente. A Portodesign lançou uma linha inteira em mosaicos de aço, com padronagens geométricas e diversas cores. As peças podem ser encontradas a partir de R$70,00/placa.



Mosaicos de mármore

Se você prefere uma escolha mais clássica e quer dar um ar sofisticado para sua casa, os mosaicos de mármore são uma boa pedida. A variação dos tons da composição alinhadas ao acabamento (polido ou natural) dá personalidade a ambientes como banheiros e lavabos. A placa pode ser encontrada a partir de R$40,00.



Pastilhas de porcelana

As peças em porcelana podem ser de variadas cores, texturas e tamanhos. Compõem bem em qualquer ambiente interno e pode ser usada até mesmo em fachadas. A Jatobá possui variedade de mais de duzentas peças com ótimo custo/benefício, encontradas em placas de 30x30 cm, custam a partir de 90,00 reais o m².




Ladrilho hidráulico

Ladrilhos hidráulicos são peças cerâmicas em formato médio (20x20cm, 15X15cm) revestidas com camada de pintura, possuem padronagens geométricas, florais ou lisas,  com características retro ou vintage. Apesar de ser um revestimento utilizado a mais de um século, continuam em alta e estão dominando o mundo do design.
Na imagem vemos a coleção lançada pela Color mix, a peça você encontra a partir de R$ 10,00.




Revestimentos com efeito 3d

Sabe aquela parede que você quer destacar? Uma ótima dica é utilizar uma peça de efeito em 3d. Elas estão invadindo o mercado e podem ser encontradas em diversos materiais, marcas e cores. Compõem bem em qualquer ambiente e ficam ainda mais charmosos quando recebem iluminação cênica direcionada. 


Revestimento cerâmico -  São revestimentos que recebem impressão e textura em 3d.

Revestimentos cerâmicos Porcelanosa - Linha Venis. Encontrados em placas de 33X100 cm, a peça custa a partir de R$100,00.













Revestimentos cerâmicos Incepa (esquerda) e Roca (direita), peças de 30X90 a partir de R$ 60,00 a placa


3d board - São placas de fibra vegetal de fácil instalação. A placa pode ser encontrada nos tamanhos: 30x30cm; 50x50cm e 62x80cm, originalmente possui cor branca, mas podem ser pintadas com facilidade. Você encontra com valor inicial de R$140,00/m².







Placa cimentícias - São perfis à base de cimento branco estrutural, e sua aplicação pode ser feita em áreas internas e externas dependendo do item adquirido. As peças são produzidas de forma artesanal e pigmentadas em diversas cores.
Na imagem a peça é o Illusione da Solarium, e pode ser encontrado a partir de 300,00 R$/m².


Todos os produtos em destaque na matéria podem ser encontrados na loja Conceitual soluções em acabamentos, se você for de Arapongas ou região fica na Av. Maracanã 3114.

Ficou com dúvidas? Manda e-mail pra gente: arquiteturavp@gmail.com